Headlines
Published On:sexta-feira, 29 de junho de 2012
Postado Por José Silva

Aumento de evangélicos no Brasil reduz número de católicos para 64,6%


O aumento do número de evangélicos fez com que o catolicismo registrasse uma significativa queda no Brasil, se situando em 64,6%, segundo dados do censo 2010 divulgados nesta sexta-feira.
A proporção de católicos caiu nove pontos percentuais em uma década e quase 20 pontos desde 1980, quando esse índice girava em torno de 83% da população, segundo os dados publicados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Apesar da queda registrada, o Brasil é considerado o país com o maior número de católicos do mundo, com 123,2 milhões de fiéis. O estado com o menor índice é o Rio de Janeiro (45,8%), onde será realizada a Jornada Mundial da Juventude. O evento, marcado para julho de 2013, contará com a presença do papa Bento XVI.
As religiões evangélicas foram as que mais cresceram na década e passaram de 15,4%, índice obtido em 2000, para 22,2% em 2010, o que representa um número de aproximadamente 42,3 milhões de pessoas.
As pessoas tidas como sem religião também aumentaram, de 4,7% para 8,0%, o que representaria 15 milhões de pessoas, segundo os cálculos do IBGE. Esse grupo engloba a grande maioria de pessoas sem religião definida e também 615.096 ateus e 124.436 agnósticos.
Os brasileiros que se consideram espíritas representa 2% dos brasileiros, enquanto as religiões de origem africana, como a umbanda e o candomblé, representa 0,3%.
As religiões africanas, que se mantiveram estáveis, possuem um maior número de fiéis na região de fronteira com o Uruguai, seguido de cidades como o Rio de Janeiro, Salvador e a região do Pantanal, na fronteira com a Bolívia e o Paraguai. 

Postado Por José Silva sexta-feira, junho 29, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Aumento de evangélicos no Brasil reduz número de católicos para 64,6%"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos