Headlines
Published On:quinta-feira, 26 de setembro de 2013
Postado Por José Silva

A fé pode ajudar as pessoas a se livrarem do vício, diz vereador cristão

Alunos do segundo ano do curso de jornalismo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) estão produzindo um documentário sobre a fé e entrevistaram o vereador de Curitiba Valdemir Soares (PRB) que é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.
O parlamentar falou com os estudantes durante o evento “Curitiba Te Quero Sem Drogas” que aconteceu no último sábado (21) dizendo que a fé é algo capaz de livrar o indivíduo
do vício.
“Sem fé o dia vai ser sempre feio, não há motivação para nada. Em qualquer propósito na vida você tem que ter vontade, determinação e fé, pois isso fortalece o nosso interior”, disse Soares durante a entrevista.
Os trabalhos do grupo Força Jovem Universal são a prova de que a fé pode servir para tirar um indivíduo das drogas e a final da Copa Libertadores do Crack, que aconteceu na capital paranaense, é a prova disso. Quase mil jovens participaram de torneios esportivos durante seis meses e além dos jogos participaram de ações de conscientização sobre os perigos das drogas.
Através desse trabalho muitas pessoas aceitaram lutar contra o vício, uma atitude importante para quem quer se recuperar e voltar a ter uma vida normal.
O vereador pode usar a história de Oeslen Rodrigues para ilustrar sua posição sobre tema, o jovem cresceu em um lar desfeito pela bebida e teve apoio das más amizades que o levaram para o mundo do crime e das drogas.
Foi através de um evento da Força Jovem Universal que Oeslen pode entender que era possível ter sua vida transformada e ele aceitou o desafio de usar a fé para se livrar do passado e hoje é uma pessoa recuperada.
Gospel Prime

Postado Por José Silva quinta-feira, setembro 26, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "A fé pode ajudar as pessoas a se livrarem do vício, diz vereador cristão"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos