Headlines
Published On:quarta-feira, 23 de janeiro de 2013
Postado Por José Silva

Deputado Roberto de Lucena pede a retirada de livro que faz apologia ao crime


O deputado Roberto de Lucena entrou com uma representação junto à Procuradoria Geral da República (PGR) pedindo para que o livro “O Livro Maldito” seja retirado de circulação e não seja mais reimpresso ou distribuído no país.
A obra de Christopher Lee Barish, editada pela Best Seller, ensina diversas práticas criminosas como assaltar bancos, plantar maconha, roubar lojas, traficar drogas e outras. O texto é bem-humorado o que atrai facilmente os leitores.
O deputado sustenta sua opinião de que este livro é “uma manual do crime” e que por este motivo não deve estar no mercado. Para dar base para esta reclamação o deputado evangélico cita os artigos 286 e 287 do Código Penal Brasileiro que fala sobre a incitação e apologia ao crime.
“O Livro Maldito é um manual do crime e não deveria estar no mercado pelo simples fato de fazer apologia ao crime e a malfeitos. O ato de incitar, elogiar ou discursar publicamente em louvor a prática criminosa é considerado apologia ao crime”, disse o parlamentar que faz parte da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Postado Por José Silva quarta-feira, janeiro 23, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Deputado Roberto de Lucena pede a retirada de livro que faz apologia ao crime"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos