Headlines
Published On:quarta-feira, 3 de outubro de 2012
Postado Por José Silva

Advogado do pastor Youcef Nadarkhani está preso


O advogado de direitos humanos Mohammad Ali Dadkhah, que não é cristão e representou com sucesso o pastor Youcef Nadarkhani, foi preso neste fim de semana em um dos presídios mais terríveis do Irã: Prisão de Evin.
O governo iraniano havia anteriormente condenado Dadkhah a nove anos de prisão por defender Pastor Nadarkhani, o qual foi acusado pelo Irã de apostasia. O governo também proibiu Dadkhah de praticar ou ensinar Direito por dez anos, multou-o em 1.900 dólares e deu a ele a escolha de cinco chibatadas ou um adicional de 450 dólares. Mas, o advogado estabeleceu um acordo que lhe permitiu continuar representando o pastor Nadarkhani, impedindo-o de enfrentar a punição.
O Irã, porém, acaba de condená-lo mais uma vez. Dadkhah está cumprindo a pena em Evin, uma prisão notória pelos maus-tratos de prisioneiros.
Em maio de 2011, as autoridades sírias prenderam a jornalista da Al Jazeera Dorothy Parvaz também em Evin, após acusá-la de espionagem. Ela compartilhou lembranças de seu encarceramento em um artigo para PBS.org, recordando, entre os tratamentos perturbadores, um no qual ela ficou com os olhos vendados e sujeita a um interrogatório cruel. 
"Acabar em Evin é o pesadelo para qualquer iraniano", Parvaz disse. Histórias de horror saindo de prisões iranianas não são de escassez, e os casos de tortura foram relatados pela oposição e meios de comunicação estrangeiros, bem como o grupo de direitos humanos de Dadkhah, juntamente com o Prêmio Nobel Shirin Ebadi, que fundou os defensores do Centro de Direitos Humanos no Irã. Seu cliente mais famoso, o pastor Nadarkhani, foi condenado à morte por apostasia por questionar a instrução religiosa muçulmana para as crianças porque o Irã via como inconstitucional. Em 2011, a Suprema Corte disse que as acusações seriam retiradas se ele se convertesse ao Islã, mas o pastor Nadarkhani se recusou.
Dadkhah continuou a lutar para a liberação de Nadarkhani e venceu no mês passado. Porque o advogado oferece seus serviços de forma gratuita, o governo muitas vezes o viu como auxiliar seus clientes em seus supostos crimes. Apesar de seu tratamento no Irã, Dadkhah manifestou sua dedicação à defesa da liberdade religiosa.
 
Fonte: Townhall.com

Postado Por José Silva quarta-feira, outubro 03, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Advogado do pastor Youcef Nadarkhani está preso "

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos