Headlines
Published On:quarta-feira, 6 de julho de 2011
Postado Por José Silva

Morre garota ferida por lança em SP


Adolescente chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital. Ela foi atingida na região da barriga e no tórax.






A adolescente de 13 anos que foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros na tarde desta terça-feira (5), após ser encontrada presa a uma lança, morreu logo após dar entrada no Pronto-Socorro Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo. Informações iniciais indicam que, no final desta tarde, a garota brincava na rua quando foi pular uma grade e ficou presa a uma das lanças da estrutura de ferro.


A lança perfurou a região da barriga e o tórax da adolescente. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, a garota chegou ao pronto-socorro com parada cardiorrespiratória e foi reanimada. Ela chegou a entrar no centro cirúrgico, mas morreu durante cirurgia.





Teto do INSS deverá ser de R$ 3.882 em 2012


O reajuste das aposentadorias acima de um salário mínimo (hoje, R$ 545) deverá ser igual à inflação no ano que vem, segundo previsão do governo na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que projeta os gastos para 2012.
O aumento previsto para essas aposentadorias é de 5,21% e considera uma estimativa do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) para este ano. Considerando esse índice, o novo valor do teto do INSS (valor máximo pago aos beneficiários) passará de R$ 3.689,66 para R$ 3.881,89. Para quem ganha, por exemplo, R$ 2.000, o valor do novo benefício seria de R$ 2.104,20.
No texto da LDO, que deverá ser votado na semana que vem pelo Congresso Nacional, o governo também prevê um aumento de 13,09% para o salário mínimo. O valor do piso nacional deverá passar de R$ 545 para R$ 616,34. O índice considera a inflação prevista para este ano mais o índice de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) de 2010, que foi de 7,5%.


Comissão da Câmara aprova FGTS para doméstica


A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados aprovou a PEC (proposta de emenda constitucional) do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT) que iguala as empregadas domésticas aos demais trabalhadores.
Com a medida, a categoria poderá ter direito a FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), seguro-desemprego, proteção contra demissão sem justa causa e pagamento de horas extras, entre outros benefícios, segundo a Câmara.
Agora, a proposta seguirá para a avaliação de uma comissão especial e, em seguida, será submetida ao plenário da Câmara dos Deputados.


PF diz que vai indiciar editor de jornal por revelar dados


Depois de indiciar um repórter do "Diário da Região", de São José do Rio Preto (SP), sob acusação de publicar informações protegidas por segredo de Justiça, a Polícia Federal pediu mais 90 dias para apurar o vazamento dos dados e diz que indiciará também o editor do jornal.
Polícia Federal indicia repórter por publicar dado sigiloso
OAB critica indiciamento de repórter
Procurador critica 'alarde' sobre indiciamento
Procurador 'exagerou' ao acusar repórter, diz Fenaj
O delegado José Eduardo Pereira de Paula disse que o pedido do Ministério Público Federal para que o editor-chefe do jornal, Fabrício Carareto, seja indiciado segue em vigor e "deve ser executado a qualquer momento".
A ANJ (Associação Nacional dos Jornais) pretende se posicionar em caso de decisão desfavorável ao repórter. Segundo a entidade, o indiciamento fere a liberdade de imprensa, e o segredo de Justiça vale só para agentes de Estado.
A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) enviou ofício ao ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) pedindo que ele intervenha no caso.
Segundo o delegado, o editor será indiciado assim que a Procuradoria devolver o inquérito à PF. Ele disse que não pode descumprir o pedido do procurador Álvaro Stipp. "Estamos dentro de um sistema processual. Não compete à gente ficar questionando se é legal ou não."
REPORTAGENS
O repórter Allan de Abreu foi indiciado após o "Diário da Região" publicar, em maio deste ano, duas reportagens que reproduziam trechos de escutas telefônicas obtidas por uma operação da PF que investiga suposto esquema de corrupção na cidade.
Após a primeira publicação, o repórter foi chamado pelo procurador, que lhe perguntou quem tinha fornecido os dados. Abreu diz que se recusou a revelar a fonte.
Em nota divulgada na última semana, o procurador diz que o indiciamento ocorreu porque o repórter "quebrou segredo de Justiça".
Segundo o delegado, o procurador pediu o indiciamento do editor porque "as reportagens só foram divulgadas porque ele autorizou". Segundo o editor, quem quebrou o sigilo foi "quem passou as informações".
O "Diário da Região" escreveu que a TV Tem, afiliada da Rede Globo, reproduziu informações das escutas um dia antes do jornal, mas não teve nenhum profissional indiciado. A reportagem não conseguiu ouvir a TV. O procurador disse que não se pronunciaria mais sobre o caso.

Postado Por José Silva quarta-feira, julho 06, 2011. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Morre garota ferida por lança em SP"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos