Headlines
Published On:sexta-feira, 7 de junho de 2013
Postado Por José Silva

Professor é demitido por não aceitar conteúdo doutrinário em colégio católico

Pais dos alunos do colégio La Salle Pão dos Pobres, em Porto Alegre, acusam a instituição de cometer discriminação religiosa ao demitir o professor de história Giovanni Biazzetto.
O professor trabalhava na instituição há quase cinco anos mas não aceitava o conteúdo doutrinário no início das aulas imposto pelo novo diretor do colégio, o irmão Olir Facchinello.

A rede de colégios La Salle é ligada à Igreja Católica, porém a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) autoriza o ensino religioso de forma facultativa até mesmo em colégios particulares.
“Nunca fui instruído, em quase cinco anos de classe, a dar aulas com informação religiosa. Eu sou cristão, mas não aceito pensar nesses termos”, disse Biazzetto em entrevista ao UOL.
O caso está sendo investigado pelo Conselho Tutelar, já que pelos depoimentos dos pais a escola estava obrigando os alunos do período matutino a iniciar as aulas com uma oração católica. Além disso, os dogmas da religião estão sendo passadas dentro dos conteúdos pedagógicos, o que é vedado pela LDB.
Ao falar sobre a demissão do professor, o colégio afirma que foi motivada por questões pedagógicas, enquanto que os pais sustentam a opinião de que foi “perseguição religiosa”.
O conselheiro tutelar responsável pelo caso, Cristiano Aristimunha, disse que com os depoimentos dos pais o processo poderá ser esclarecido e se for mesmo o caso de perseguição religiosa, uma ação administrativa poderá ser movida contra a escola.

Postado Por José Silva sexta-feira, junho 07, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Professor é demitido por não aceitar conteúdo doutrinário em colégio católico"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos