Headlines
Published On:sábado, 13 de abril de 2013
Postado Por José Silva

Descoberta arqueológica em Israel intriga pesquisadores


Uma gigantesca estrutura de pedra foi descoberta sob as águas do Mar da Galileia, em Israel. Os arqueólogos estão intrigados quanto à sua finalidade e há quanto tempo terá sido construída.
A misteriosa estrutura tem forma de cone, é feita de pedras de basalto, e pesa cerca de 60.000 toneladas. Ou seja, mais pesada que a maioria dos navios de guerra modernos.
“A inspeção por mergulho revelou que a estrutura é feita de pedras de basalto de até 1 metro de comprimento, sem um aparente padrão de construção”, escrevem os pesquisadores no seu artigo. “As pedras são inteiriças, sem sinais de corte ou de cinzelamento. Da mesma forma, não encontramos qualquer sinal de arranjo ou paredes que delimitem essa estrutura”, escreveram eles em um artigo na última edição da revista International Journal of Nautical Archaeology.
Os primeiros estudos mostram que foi construído em terra, só depois coberta pelo Mar da Galileia com a subida do nível da água. “A forma e composição da estrutura submersa não se assemelha a qualquer recurso natural. Concluímos, portanto, que é feita pelo homem”, dizem os pesquisadores.
Escavações arqueológicas subaquáticas ainda são necessárias para que os cientistas consigam encontrar artefatos associados e determinar a possível data da estrutura e o seu propósito. Yitzhak Paz, da Autoridade de Antiguidades de Israel e da Universidade Ben-Gurion, acredita que pode ter mais de 4.000 anos. Ela pode ser comparada a vários exemplos de estruturas similares encontradas perto do Mar da Galileia, que seriam da mesma data. Uma das mais famosas é a Khirbet Beteiha, que fica a 30 quilômetros da estrutura de pedra submersa.
Pode, inclusive, ser parte das ruínas de uma cidade conhecida como “Bet Yerah” ou “Khirbet Kerak” que era a mais poderosa e fortificada na região durante o terceiro milênio antes de Cristo.
A estrutura foi detectada pela primeira vez no verão de 2003, durante uma pesquisa com um sonar na região sudoeste do lago.  Com dez metros de altura e 70 de diâmetro, o “esforço investido para um empreendimento desse porte é indicativo de uma complexa e bem organizada sociedade, com habilidades de planejamento e considerável capacidade econômica”, conclui o artigo da revista. Com informações Daily Mail e Fox News.

Postado Por José Silva sábado, abril 13, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Descoberta arqueológica em Israel intriga pesquisadores"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos