Headlines
Published On:quarta-feira, 6 de março de 2013
Postado Por José Silva

Teologia da Libertação precisa do apoio do próximo papa


Uma reportagem da BBC Brasil citou que os defensores da Teologia da Libertação (TL) estão contando com o novo papa para poder impulsionar o movimento que tem como objetivo defender a justiça social.
Nascida em 1971, a TL foi criticada por Bento 16 que considera seus pensamentos como “desvios prejudiciais à fé” já que ela é baseada em pensamentos marxistas.
O movimento está praticamente marginalizado e o próximo líder católico pode aproximar as ideias desta vertente do catolicismo da cúpula eclesiástica como espera o André Ricardo de Souza, professor do departamento de sociologia da Universidade Federal de São Carlos, que vê com bons olhos a nomeação do cardeal hondurenho Óscar Rodríguez Maradiaga como sucesso de Bento 16.
Enquanto o hondurenho poderia levantar a TL, a nomeação do cardeal brasileiro Odilo Scherer como papa poderia ser “um balde de água fria” nas tentativas de transformar a justiça social como uma das principais metas dos cristãos em todo o mundo.
Scherer já se mostrou contrário a disseminação dessas ideias quando há 5 anos disse que a TL teve “o seu momento de crescer, o momento de decair e o momento de desaparecer”.
Se o papa escolhido for mais progressista a TL poderá ser vista de uma forma menos marginalizada e como espera Souza e outros teólogos como Jorge Claudio Ribeiro, da PUC-SP, que também conversou com a repórter da BBC Brasil.
“As condições históricas, de oposição a ditaduras (latino-americanas), não existem mais. Mas a razão fundamental é a pobreza. Enquanto houver alguém que canalize isso para a visão religiosa, haverá Teologia da Libertação”, disse.
http://noticias.gospelprime.com.br

Postado Por José Silva quarta-feira, março 06, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Teologia da Libertação precisa do apoio do próximo papa"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos