Headlines
Published On:quinta-feira, 23 de agosto de 2012
Postado Por José Silva

Ilustração: O Mendigo Chinês

Um mendigo chinês que passou a vida toda sentado numa pedra esmolando no caminho. Vindo a morrer em elevada idade, o prefeito resolve remover a pedra sobre a qual o mendigo estivera assentado, e para surpresa deles encontraram debaixo da pedra uma fortuna incalculável. O mendigo morreu sem fazer uso daquele grande tesouro e riqueza, impedido por uma pedra que nunca removera. Assim acontece com muitos chamados cristãos entre nós. Não queremos remover as pedras que muitas vezes nos separam da fonte de toda riqueza que é Deus.
Quem sabe você colocou uma pedra sobre o seu ministério. Hoje é o dia de retirá-la, Deus te entregou tesouros grandiosos e a responsabilidade é sua!

Que tipo de pedras? A incredulidade por exemplo é uma pedra terrível.
"Errais não conhecendo as escrituras nem o poder de Deus". As pessoas passam a vida toda vivendo miseravelmente, porque não crêem que Deus quer e pode mudar suas vidas. Crer é obedecer. Se creio, me lanço para obedecer. Exemplo da criança que se lança nos braços do pai e pula sem temer, sabendo que não vai cair e se machucar. Isto é crer, é confiar que Deus vai fazer. As pedras impedem o relacionamento com Deus e com nossos filhos, cônjuge, amigos.  
Pedras de lembranças, amarguras, feridas íntimas na alma, que nos impedem de perdoar e sermos perdoados. A ordem de Jesus é: tirai a pedra. "Infeliz é o povo cuja esperança se perdeu, e a fé se petrificou" (Rui Barbosa).

Quem tem que tirar a pedra SOU EU. O que é que me separa de Deus, e me mantém num sepulcro gelado? Tomemos hoje a decisão de tirar as pedras de nossa vida para que Deus possa nos libertar da morte.

Postado Por José Silva quinta-feira, agosto 23, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Ilustração: O Mendigo Chinês"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos