Headlines
Published On:quarta-feira, 15 de agosto de 2012
Postado Por José Silva

Guarda salva cristãos de atentado nos EUA

Um jovem de cerca de 20 anos invadiu hoje de manhã a sede da organização cristã conservadora Family Research Council (Conselho de Pesquisa da Família), em Washington DC, para atirar contra os membros dessa instituição. 

Segundo testemunhas, o rapaz se fez passar por um estagiário e, após conseguir entrar na FRC, mostrou às pessoas uma embalagem da rede de restaurantes Chick-Fil-A, anunciando, em seguida, em alta voz, que não concordava com os posicionamentos políticos da FRC. Na sequência, tirou de sua roupa uma arma para atirar, mas um dos seguranças da instituição tomou rapidamente a frente do rapaz, que, mesmo acertando um tiro no braço do guarda, ainda foi imobilizado pelo segurança, que também teria conseguido alvejar o rapaz.

O FBI já chegou ao local, isolou a área e prendeu o rapaz, que está sendo interrogado. Autoridades locais já se manifestaram afirmando tratar-se de mais um caso de “terrorismo doméstico”. James McJunkin, chefe do escritório do FBI em Washington DC, disse que ainda estão levantando mais informações sobre o atirador. “Nós não sabemos o suficiente sobre ele ou sobre as suas circunstâncias para determinar se ele está conectado ou não a este ou àquele grupo, ou para saber qual o seu estado mental”, disse McJunkin. “Vamos tentar resolver tudo isso, levantar as provas juntos e fazer todas as entrevistas que podemos”, concluiu em entrevista à imprensa.

O guarda que jogou-se contra o rapaz para evitar o pior, e ainda o imobilizou, foi saudado como um herói. O atirador entrou no saguão da sede da organização em torno de 10h45 da manhã. “Esse segurança é um herói”, afirmou o chefe de polícia Cathy Lanier. “Ele fez o seu trabalho. Ele impediu que a pessoa seguisse adiante”.

O guarda, que não foi identificado, foi baleado no braço e estava consciente após o tiroteio e em condição estável. O atirador, que também não foi identificado, ainda está sendo interrogado pelo FBI. Testemunhas disseram que ele aparenta ter 20 anos.

Segundo o depoimento de uma das testemunhas ao canal de notícias Fox News, o rapaz “fez declarações sobre suas políticas, e então abriu fogo com uma arma, atingindo um guarda de segurança”. WJLA-TV7 também informou que o rapaz foi detido depois de ter sido também baleado pelo guarda. Testemunhas também disseram que o atirador carregava “um saco da Chick-Fil-A”, o restaurante de fast-food que foi atacado por militantes do movimento homossexual nos EUA depois que seu presidente, que é evangélico, afirmou que “o casamento é uma instituição apenas entre um homem e uma mulher”.

Testemunhas disseram ainda a Fox News que o rapaz teria dito ao guarda depois de imobilizado: “Não atire em mim. Isso não é sobre você, mas sobre o que este lugar significa”.

O Family Research Council é uma organização sem fins lucrativos e conservadora, que defende “a família, a fé e a liberdade na política pública e na opinião pública”. O grupo sempre se envolveu com questões políticas nos EUA que envolvam valores cristãos e a família.

“Agora, a polícia está investigando o incidente”, afirmou Tony Perkins, presidente do Family Research Council. “Nossa primeira preocupação, portanto, é com o nosso colega que foi baleado hoje. Nossa preocupação é para ele e a sua família”, anunciou Perkins.

Redação do CPADNews com informações da Fox News

Postado Por José Silva quarta-feira, agosto 15, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Guarda salva cristãos de atentado nos EUA "

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos