Headlines
Published On:sábado, 4 de agosto de 2012
Postado Por José Silva

Evangelista é ameaçado de morte em Uganda


Cristão de origem muçulmana, Ibrahim, teve de fugir com sua esposa e filho, após serem abordados por uma multidão de cerca de 30 muçulmanos enfurecidos na segunda-feira (30)
Ibrahim é um evangelista do Distrito de Vudaka, em Uganda, e estava retornando de um seminário de evangelismo quando a multidão negou-lhe acesso à sua casa.
"Eles bloquearam o portão da minha casa gritando: Nós não queremos vê-lo neste distrito novamente, a menos que você volte para o islamismo!", Disse.
O chefe da vila agiu rapidamente para tentar conter o tumulto, mas ele também teve que fugir, porque a multidão ameaçou agredi-lo.
"Eles disseram ao chefe da aldeia que eu posso me considerar um sortudo, porque se não fosse Ramadã, eles me queimariam vivo", disse Ibrahim.
"Eu prestei queixa sobre o incidente na Sede do Distrito Policial ontem (2), e minha queixa foi arquivada. O chefe do Distrito de Investigação Criminal percebeu a gravidade do problema e rapidamente preparou o inquérito. Eles me disseram que vão enviá-lo ao Procurador do Estado para análise e para que as devidas providências sejam tomadas".
"O chefe da aldeia é a minha primeira testemunha no caso, e eu sou capaz de identificar um número de pessoas porque, infelizmente, alguns são meus parentes".
Ibrahim teme por sua vida, "Desta vez eles estão realmente me perseguindo. Preocupa-me que se eu não deixar a área, eles vão me matar assim que Ramadã terminar".
Ibrahim, a esposa e o filho estão escondidos na casa de familiares. "Nós não sabemos onde vamos viver agora. Por favor, orem por nós ", concluiu.

Fonte: Portas Abertas

Postado Por José Silva sábado, agosto 04, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Evangelista é ameaçado de morte em Uganda"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos