Headlines
Published On:segunda-feira, 30 de julho de 2012
Postado Por José Silva

Você sabe quais as páginas visitadas por seu filho na internet?


O seu filho na internet



Em 1970 a ARPANET enviou o primeiro e-mail, nascendo então a comunicação entre dois computadores. Até aí tudo era muito simples, porém longe do alcance de muitos.


Hoje, a internet está ao alcance de quase todos e entre os quais pode está o seu filho fazendo parte dos milhões de crianças e adolescentes que estão on-line agora. O seu filho pode está acessando a internet da escola, da casa de um amigo ou de qualquer lugar usando para isso um tabletcelular ou outro dispositivo móvel. 
Junto com toda essa facilidade de comunicação vieram também os males que viajam pela grande rede. Veja alguns exemplos:


MENSAGENS INSTANTÂNEAS - São mensagens escritas trocadas em tempo real entre duas ou mais pessoas, onde o usuário pode escolher com quem conversar, selecionando um ou mais amigos de uma lista de contatos existente em sua conta. Antigamente muitos se admiravam com o tempo gasto de pouco mais de uma hora frente a um computador por um jovem que se comunicava através dessa ferramenta. Hoje, esse tempo desperdiçado aumenta a cada dia. Muitos jovens respiram as redes sociais e MSN, deixando os estudos em segundo plano.


SITES - São constituídos por uma ou mais páginas eletrônicas. São criados e mantidos por pessoas, organizações, instituições educacionais e estabelecimentos comerciais. A princípio, esses sites têm como objetivo dar ao público inúmeras oportunidades de pesquisar, se conectar com amigos e fazer compras. As pessoas ainda podem jogar ouvir músicas, ou baixá-los pela internet.Agora, se faz necessário saber que há  pessoas desonestas e que não estão dando a mínima para os prejuízos financeiros, morais, psicológicos, dentre outros que irão causar a uma grande parte da população mundial. Muitos sites que trazem conteúdos adultos, muitas vezes trazem esse conteúdo de forma camuflada e não deveria ser assim. Antes mesmo que o site mostre seu conteúdo, ele deve trazer uma mensagem avisando de que o conteúdo é adulto e você não deve continuar, caso não seja adequado pra você. Mas não é só a questão do sexo. Há também grandes armadilhas em sites que oferecem jogos para serem apostados, sites que incentivam o estilo de vida anoréxico, sites oferecendo produtos que jamais chegarão até você e links perigosos, os quais poderão servir como porta de entrada de algum invasor na sua máquina.


E-MAILS - Esse é um tipo de correio eletrônico. Um tipo de comunicação eficiente e de baixo custo. O problema é que muitos e-mails não solicitados, os chamados spans, pode conter muito material de incentivo à violência, à pornografia e muitas outras práticas indesejáveis. Pode também conter links com o propósito de induzir  usuário inexperiente  incluindo uma criança ou um jovem ingênuo  a revelar informações pessoais, o que pode resultar em roubo de identidade. 


SITES DE RELACIONAMENTO - Esses permitem aos jovens, assim também como aos adultos, criar uma página na internet e postar suas fotos, vídeos e blogs.
É praticamente um tipo de rede social, só que, com mais liberdade para que a pessoa se expresse um pouco mais sem que seja escarnecido ou apontado por outra pessoa de forma negativa, já que, essa pessoa pode também estar buscando o mesmo que as demais.
Um dos pontos negativos dessas amizades construídas na internet, é que elas são volúveis. Muitos desses contatos só existem para fazer aquela pessoa de muitos contatos, importante. Esses sites de relacionamento exerce uma pressão em cima do usuário para que mesmo busque a melhor imagem, melhor apresentação do perfil para que o mesmo possa atrair mais amigos ou pretendentes.


Como evitar ou pelo menos diminuir alguns riscos para os filhos:


1 - Os pais devem procurar acompanhar se puder, o avanço tecnológico nessa área para saber o que é a internet, saber como funciona a internet e o computador;




2 - Após conhecer o funcionamento da internet, os pais já poderão fazer uso de alguns softwares que ajudarão a impedir que alguns sites indesejáveis seja acessado de um determinado computador, bem como, impedindo de fazer alguns downloads, abrir alguns links detectados como sendo ladrão de senhas etc;


3 - Pergunte-se: Por quê deixar uma criança ou um jovem ingênuo de posse de umcomputador em um lugar isolado como seu quarto por exemplo?
Totalmente desnecessário e perigoso.


4 - Os pais podem determinar quanto tempo e qual o horário para que os filhos  possam ficar no computador, até mesmo para não atrapalhar nos estudos;


5 - Sempre que puder, verifique novamente o que seus filhos andam acessando e ensine-os a fazer um melhor uso da internet.


A tarefa de vigiar seu filho na internet não é uma tarefa das mais fáceis. Essas crianças e jovens tornam-se cada vez mais hábeis no tocante a burlar o tipo de segurança que vocês pais tentam pôr em prática para proteger a eles mesmos, mas, não desistam, pois, o pior de tudo é saber que poderia ter tentado e não fez nada.


Autor: Manoel Oliveira
www.oliveiradiversos.com   

via http://www.amoreprazer.com

Postado Por José Silva segunda-feira, julho 30, 2012. em , . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

1 comentários for "Você sabe quais as páginas visitadas por seu filho na internet?"

  1. Excelente postagem. É de grande ajuda para os pais saber um pouco mais como evitar que seus filhos sejam vítimas de pedófilos.
    Valeu.
    Manoel Oliveira.

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos