Headlines
Published On:sexta-feira, 13 de julho de 2012
Postado Por José Silva

Supremo Tribunal Americano aceita apelo de professor que foi demitido por manter a Bíblia sobre a sua secretária


  O Supremo Tribunal do estado de Ohio, nos Estados Unidos, aceitou o apelo do professor de ciências, John Freshwater (na foto), que foi despedido de uma escola pública por manter uma Bíblia sobre a sua secretária.
     O professor havia entrado com processo contra a direção da Escola Municipal Mount Vernon, e os seus diretores, por descontinuarem o seu vínculo. Ele acusa o distrito de violar a política pública de Ohio, e perpetrarem perseguição religiosa, retaliação, conspiração e difamação contra ele.
     De acordo com o site One News Now, dois tribunais inferiores haviam previamente confirmado a demissão do professor. Porém, o Supremo Tribunal de Ohio disse que Freshwater tem direito de alegar que a decisão de demiti-lo é inconstitucional.

     John Whitehead, presidente da associação de defesa dos direitos civis, Rutherford Institute, afirmou que os outros professores da escola não gostavam de Freshwater porque ele ensinava os seus alunos a pensarem criticamente sobre a teoria da evolução. Eles opunham-se também ao facto do professor manter um exemplar da Bíblia sobre a sua secretária.
 
     O professor lecionava ciências há mais de 20 anos, até ser demitido pela escola. Ele foi suspenso da escola na cidade de Mount Vernon em 2008 e oficialmente demitido em janeiro do ano passado. Os seus alunos mostram apoio ao professor de ciências levando Bíblias para as aulas e vestindo t-shirts que exibem uma cruz..
 

Postado Por José Silva sexta-feira, julho 13, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Supremo Tribunal Americano aceita apelo de professor que foi demitido por manter a Bíblia sobre a sua secretária"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos