Headlines
Published On:segunda-feira, 2 de julho de 2012
Postado Por José Silva

Amor de verdade não é cego


Certamente você já ouviu a expressão popular que diz: "O amor é cego". E essa afirmação não está de todo errada. No começo do relacionamento é normal não nos atermos aos defeitos de nosso amado, ou melhor, ainda não os conhecemos.
Depois de algum tempo percebemos ascaracterísticas da pessoa. Na verdade, não é o amor que é cego, as pessoas é que são cegas, ou pelo menos, algumas permanecem assim por um tempo.
Até aí, tudo bem, os problemas começam quando as pessoas fecham os olhos para os defeitos ou atitudes que incomodam por medo de perder aquela pessoa, medo de ficar sozinha e de recomeçar. Sejamos realistas, quem nunca sentiu esse tipo de medo?
O que não pode acontecer é se deixar dominar por ele. Cada pessoa deve ser colocar em primeiro lugar e manter seu amor próprio para depois poder entender o outro.
A psicanalista Tatiana Ades explica sobre o significado desse ditado popular em sua análise, "é um termo que eu uso para explicar atitudes que são muito óbvias para quem está de fora, mas para a pessoa envolvida não é perceptível".
Esse medo passa a ser uma doença quando a pessoa acha normal sofrer algum tipo de agressão seja ela verbal ou física, ou mesmo psicológica. Algumas pessoas chegam a achar que a culpa é delas e aceitam.
Os amigos desconfiam, perguntam se está tudo indo bem, mas, mesmo assim, quem está sofrendo não admite que algo está errado. No fundo, ela acha que pode modificar aquelas atitudes, e que sozinha(o) conseguirá superar. É preciso encarar a realidade e procurar ajuda de um profissional, antes que essa situação se transforme numa doença como a depressão. Todo mundo pode ver a vida de forma mais positiva e superar.

Fonte: www.guiame.com.br



Postado Por José Silva segunda-feira, julho 02, 2012. em , . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Amor de verdade não é cego"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos