Headlines
Published On:quarta-feira, 20 de julho de 2011
Postado Por José Silva

O ATAQUE E A DEFESA DO CRISTÃO Efésios 6.10-18



 INTRODUÇÃO:

1. Um dos maiores problemas que enfrentamos em nossa vida cristã, é a nossa luta contra os poderes das trevas.

2. Para vencer as ciladas do Diabo e suas hostes, é preciso uma compreensão bíblica de luta e defesa. Devemos encontrar na Palavra de Deus, estratégias eficazes, e praticá-las para vencê-lo.

3. A Palavra de Deus, nos apresenta eficientes meios para resistir ao leão que ruge. "VAMOS VER QUAIS SÃO OS MEIOS DE DEFESA E ATAQUE PARA VENCERMOS O DIABO E SUAS HOSTES":

I - AMARRAR O HOMEM FORTE, OU SEJA ANULAR A AÇÃO DO INIMIGO, VS. 16
1. No capítulo 11 de Lucas, Jesus foi alvo de blasfêmia e zombaria por parte de alguns líderes judeus que atribuíam o poder dEle para expulsar demônios como vindo de Belzebu, príncipe dos demônios. Jesus disse que se assim fosse, o reino satânico não perduraria, pelo contrário, afirmou que expulsava os demônios pelo "dedo de Deus", Lc 11.20. Mateus fala que Jesus expulsou os demônios pelo "Espírito de Deus", Mt 12.28.

2. Ainda no capítulo 11 de Lucas, Jesus ensinou que um guerreiro valente, que guarda sua própria casa, não teme um adversário, a não ser que seja mais valente do que ele. Este valente que guarda a casa, representa o inimigo. O "mais valente", é Cristo, que venceu o Diabo, tirando-lhe a armadura e lhe dividindo os despojos. Jesus cheio do Espírito Santo, demonstrou com sua vitória um força mais poderosa do que a do Diabo e suas hostes, Lc 4.1, 14, 18.

3. Este Poder de Jesus era o Poder do Reino de Deus, que havia chegado entre nós, Lc 11.20. Com a chegada do Reino de Deus, houve uma intervenção poderosa de Deus, que dominou e derrotou o chefe deste mundo libertando da prisão satânica todos os cativos, que permitem Cristo operar em suas vidas.

4. Porém, se aquele que estava preso, não aproveitar a presença e Poder de Espírito Santo para manter sua liberdade, a reocupação da casa pelo inimigo, será rápida e intensa, Lc 11.24-26.

5. Para algemar o demônio, é necessário uma intervenção de Deus, na pessoa do Espírito Santo Mt 12.28. Por esta razão, precisamos pedir o enchimento do Espírito Santo, Lc 11.13; Ef 5.18.

6. Somente no Poder do Espírito Santo, é que amarramos o "valente".

II - NÃO DAR LUGAR AO DIABO, VS. 13
1. Ef 4.26-27. No contexto desta passagem, Paulo dá a entender que o crente pode conceder espaço para o inimigo operar dentro de si e na Igreja, sempre que a ira não é tratada devidamente.

2. Paulo disse: "Não se ponha o sol sobre a vossa ira". Isto é uma advertência contra qualquer irritação que suscite ódio, ou desejo de vingança, Rm 12.19sess.

3. Qualquer ira guardada de dia para o outro, transforma-se em um campo arado e fertilizado para o Diabo semear sua erva daninha, Sl 37.8.
Precisamos aprender a nos dominar, Pv 16.32. Aquele que permite que sua alma fique presa por sua ira, estará sujeito ao julgamento, Mt 5.22.

4. Exemplo de ira prolongada e seus resultados:

a. Absalon e Amom, 2 Sm 13.22sess.

b. Caim e Abel, Gn 4.1-8.

5. Se não tratarmos devidamente de nossa ira, ela abrirá uma fenda enorme, pela qual, Satanás entrará em nossa vida e nos destruirá totalmente.

III - REIVINDICAR NOSSO DIREITO EM CRISTO JESUS, VS. 13, 16
1. O principal objetivo de Cristo ao vir ao mundo, foi "destruir as obras do Diabo", 1 Jo 3.8.

2. Na cruz, os mais poderosos servos da hierarquia satânica, forma despojados, Cl 2.15.

3. Ainda, na cruz, Jesus aniquilou o poder de Satanás sobre suas vítimas, as quais passaram a pertencer a Jesus, Ef 4.8.

4. Nós fomos ligados a Cristo, Gl 2.20. Devemos reivindicar a nossa posição em Cristo. Devemos vencer o pecado e derrotar o inimigo.

IV - VESTIR A ARMADURA DE DEUS
1. Ef 6.10-18. Nossa luta não é contra a carne e sangue, (pessoas físicas), mas contra os poderes satânicos, inteligências desencarnadas, que dominam as trevas no mundo.

2. A vitória é nossa se resistirmos no dia mal, Vs. 13, após vencer tudo o que destrói a nossa fé. Se os nossos inimigos são imbatíveis quando usamos as forças físicas, logo, precisamos estar revestidos com toda "armadura de Deus".

CONCLUSÃO:
1. Devemos amarrar o "valente".

2. Não abrir brecha ao Diabo.

3. Reivindicar nossa união com Cristo.

4. Vestir toda armadura de Deus.

fonte:http://wwwcopebmpn.blogspot.com

Postado Por José Silva quarta-feira, julho 20, 2011. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "O ATAQUE E A DEFESA DO CRISTÃO Efésios 6.10-18"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos