Headlines
Published On:quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012
Postado Por José Silva

Deus é fiel!!! e eu???

A declaração bíblica “Deus é fiel” (1Co 1.9; 10.13; 2Co 1.18) tornou-se um adesivo de caminhões, ônibus, carros, geladeiras, celulares etc. A fidelidade de Deus é o seu mais conhecido e popular atributo. Fala-se mais na fidelidade de Deus que em seu amor, sua onipotência, onisciência e onipresença, em sua santidade, e assim por diante. É muito bom, muito saudável e muito edificante que se reconheça que Deus é fiel. 

Quando Moisés subiu o monte Sinai com as duas tábuas de pedra para que Deus escrevesse nelas pela segunda vez os Dez mandamentos, o Senhor mesmo declarou: “Eu sou o Senhor, o Deus Eterno! (...) a minha ‘fidelidade’ e o meu amor são tão grandes, que não podem ser medidos” (Êx 34.6, NTLH). O apelo do Salmo 117 é para que todas as nações e todos os povos louvem ao Senhor “porque imenso é o seu amor leal por nós, e a ‘fidelidade’ dele dura para sempre”. 

Em alguns casos (ou seria em muitos?) o decalque “Deus é fiel” virou um mero amuleto — algo que se carrega por acreditar em seu poder mágico de afastar desgraças e aproximar graças. Trata-se de uma prática pagã que vem desde a mais alta antigüidade. Então, toda a beleza e o acerto da lembrança da fidelidade de Deus vão por água abaixo, e essa propaganda de que “Deus é fiel” torna-se algo mercenário que profana e mundaniza o nome e os atributos do Senhor. 

Para santificar essa prática, seria bom acrescentar à declaração “Deus é fiel” do adesivo, uma pergunta dirigida a nós mesmos: “Deus é fiel... E eu?”. 

A resposta mais apropriada dos cristãos à fidelidade de Deus é a firme resolução de se tornarem fiéis a ele como ele é fiel a nós em suas promessas. É preciso responder à fidelidade de Deus com a fidelidade própria. A fidelidade dos crentes a Deus é uma obrigação imposta pela conversão. É por isso que a palavra fiel significa também aquele que professa o cristianismo. Por exemplo, Timóteo deveria ser um exemplo para os “fiéis” (1Tm 4.12). 

A Bíblia diz que “Moisés foi fiel como servo em toda a casa de Deus” (Hb 3.5). Os sátrapas do império medo-persa procuraram motivos para acusar Daniel de alguma irregularidade, mas “não puderam achar nele falta alguma, pois ele era fiel” (Dn 6.4). Paulo refere-se duas vezes a Tíquico como “fiel servo do Senhor” ou “ministro fiel” (Cl 4.7). 

O adesivo “Deus é fiel” precisa deixar de ser algo mercenário para se tornar verdadeiramente um anúncio do evangelho. E para validar e reforçar esse anúncio, o portador do adesivo precisa também ser achado fiel em todas as coisas.



http://www.ultimato.com.br

Postado Por José Silva quinta-feira, fevereiro 09, 2012. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Deus é fiel!!! e eu???"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos