Headlines
Published On:terça-feira, 29 de novembro de 2011
Postado Por José Silva

Indústria fonográfica gospel está em alta


O mercado da música no Brasil enfrenta dois quadros diferentes. Enquanto lojas de CDs fecham e gravadoras seculares sofrem com a pirataria, a música gospel tem crescido em popularidade e vendas.
O mercado secular tem aproximadamnte 60% de suas vendas de forma pirata, enquanto o mercado gospel tem apenas 15%. Isso tem levado diversas gravadoras como Som Livre e Sony Music a adotarem um selo gospel e entrar neste mercado aquecido.
A MK Music, considerada a maior gravadora evangélica do Brasil, tem atingido recordes de venda. Em novembro, passou a marca dos 3 milhões de CDs e DVDs vendidos – numero este que foi atingido em todo o ano de 2010. A gravadora prevê a venda de mais de 600 mil unidades até o final do ano, chegando à marca de 20% de crescimento, se comparado ao ano passado.
Recentemente a presidente da MK Music, Yvelise de Oliveira afirmou em entrevista que gravadoras seculares acabam com o artista gospel. Apontou como exemplo uma cantora que vendia 1 milhão de cópias quando pertencia ao cast da MK Music e que após a mudança para uma gravadora secular passou a vender 700 mil cópias.
Estima-se que o mercado fonográfico gospel movimenta 2 bilhões de reais por ano.
Fonte: Gospel+

Postado Por José Silva terça-feira, novembro 29, 2011. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Indústria fonográfica gospel está em alta"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos