Headlines
Published On:sábado, 14 de setembro de 2013
Postado Por José Silva

Cardeal diz que celibato não é dogma e pede debate na Igreja Católica

O próximo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, disse que a Igreja Católica precisa voltar para as suas origens eclesiásticas e rediscutir algumas regras impostas pelos homens, privilegiando os ensinamentos de Jesus Cristo. Numa entrevista ao jornal El Universal, de Caracas, o atual núncio apostólico na Venezuela propôs a discussão do celibato aos padres e freiras. Para ele, o veto ao sexo aos religiosos “não é um dogma da Igreja, mas um preceito que pode ser discutido porque é uma tradição eclesiástica”.No entanto, considera que este é um desafio para o papa Francisco: “O esforço que a Igreja fez para instituir o celibato eclesiástico deve ser considerado. Não se pode dizer, simplesmente, que pertence ao passado. Todas essas decisões devem ser assumidas como forma de unir a Igreja, não de dividi-la”. Dom Pietro, que substituirá o cardeal Tarcisio Bertone a 15 de outubro, colocou o veto como uma das discussões da reforma na Igreja Católica, que começaram a serem promovidas pelo papa Francisco. Apesar no avanço no celibato, descarta qualquer mudança em relação à posição sobre a homossexualidade.


Parolin, de 58 anos, é núncio da Venezuela desde 2009. Sua gestão foi marcada pelas tensões entre o episcopado venezuelano e o governo de Hugo Chávez.

 (das agências)
http://www.opovo.com.br

Postado Por José Silva sábado, setembro 14, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Cardeal diz que celibato não é dogma e pede debate na Igreja Católica"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos