Headlines
Published On:sexta-feira, 23 de agosto de 2013
Postado Por José Silva

Novela da Globo faz apologia ao aborto; Silas Malafaia chama autor de imbecil

pastor Silas Malafaia usou o site Verdade Gospel para comentar uma cena da novela “Amor à Vida” que faz apologia ao aborto. No episódio uma mulher morre por conta de complicações de um aborto realizado em uma clínica clandestina.
A história serviu para sustentar as afirmações dos defensores da descriminalização do
aborto que apontam o aborto ilegal como a principal causa das mortes em mulheres no Brasil.
Mas para o pastor evangélico esta e outras afirmações usadas pelos grupos de apoio ao aborto são mentirosas. “O número de mortes maternas no Brasil é menos de 2 mil por ano e o aborto corresponde a 5% dessas mortes, segundo o DataSUS”, explica Malafaia.
O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo também levantou dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para comprovar que essa informação sobre os abortos ilegais não procede.
“Só para você ter uma ideia, o IBGE investigou a existência de óbitos entre 2009 e 2010 e o número de mulheres mortas neste período foi de 443.166, significa que o aborto corresponde a menos de 1% do total da morte de mulheres. Vejam o nível da mentira e do absurdo para enganar a sociedade.”
A segunda afirmação que o pastor contesta é afirmação de que o aborto é uma questão de saúde pública, ele lembra que as mulheres que abortam são 4 vezes mais propensas a internações psiquiátricas do que as outras mulheres. “Nove vezes mais propensas a suicídio e 11 vezes mais propensas a problemas em uma gravidez posterior”.

Malafaia critica autor da novela

Por conta dessas informações expostas no folhetim da Globo, o pastor chamou o autor da novela de “imbecil” por escrever uma cena onde o médico muçulmano se nega a atender a mulher com hemorragia (provocada pela retirada do feto) dizendo que ela é uma “pecadora”.
“Que insinuação bandida! Que absurdo! Um médico pode rejeitar fazer um aborto não por convicções religiosas, mas sim pelo juramento que faz quando se forma”. Sobre a recusa do médico em atender a paciente, Malafaia lembra que esses casos não acontecem. “Nenhum médico religioso que recebe uma paciente com hemorragia, fruto de um aborto, nega o atendimento por questões da sua fé.”
Contrário a qualquer tipo de aborto, o pastor Silas Malafaia lista algumas verdades sobre o tema.
Leia:
1. O feto não é prolongamento do corpo da mulher. Na gestação, ele é o agente ativo e a mãe o passivo.
2. A prova que não é prolongamento do corpo da mulher é que se não estivesse envolvido pela cápsula no útero feminino, ele seria expulso como corpo estranho. Ele está em simbiose com a mãe por nutrientes para o seu desenvolvimento, e inclusive é ele que regula o líquido desta cápsula.
3. A vida começa na concepção e é um ato intra ou extra uterino até a morte.
4. Nenhum ser humano é mais humano do que outro. Nenhum corpo vivo pode tornar- se pessoa se já não for em essência.
5. 99,99% dos abortos são frutos da promiscuidade e da irresponsabilidade do ser humano.
Assista:

Postado Por José Silva sexta-feira, agosto 23, 2013. em . Faça um comentário, que ficaremos felizes! .

0 comentários for "Novela da Globo faz apologia ao aborto; Silas Malafaia chama autor de imbecil"

Leave a reply

Obrigado pelo comentário!
Que Deus lhe abençõe!

Gostou! Curta-nos